O que muda no casamento depois que temos filhos?

A mulher pode por a perder o casamento por causa dos filhos?

Na minha opinião pode sim, isso por que os filhos, principalmente os filhos pequenos, podem roubar a atenção a tal ponto, de diminuir a vontade de namorar por parte da mulher.

E ela pode não ter olhos para o marido durante esse período, ou seja, o filho ocupa um espaço tão grande no coração dessa mamãe, que ela só tem olhos para o bebê.

As consequências são a falta de diálogo, a mamãe só tem assuntos voltados ao bebê, e dificilmente o marido vai entender essa situação por que ele não entende esse laço, essa ligação que só as mães tem com seus filhos.

O homem entende a família de outra forma, quando chega um novo membro a família, ele entende que deve sair a caça, prover o alimento para a família. Isso já vem desde os primórdios, onde a mulher era responsável por cuidar da família, e o homem por trazer o alimento.

Será que seu marido merece perder sua atenção por conta da chegada do filho?

É natural que ele se afaste ao invés de se aproximar, então não permita que isso aconteça.

Faça o exercício de dividir suas prioridades, ele é pai do seus filhos.

A mulher inteligente sabe que o marido precisa estar em primeiro lugar ou então ser tão prioridade quanto os filhos.

Outras prioridades, como família, estudos, trabalhos voluntários, emprego, hobbies, não devem ser deixados de lado tão radicalmente pela chegada do bebê, não vai fazer bem para você, e nem para ele também.

Imaginamos que quando os filhos crescem teremos mais tempo para o marido, não é verdade? Engano nosso.

Os filhos crescem e outras questões interferem no nosso tempo e pensamento.

Estar sempre disponível para os filhos pode diminuir o tempo que você tem para o marido, e vice e versa.

Então o que fazer?

Se os filhos são pequenos acostume-os a dormir nos seus quartos ou em outro cômodo que não seja o quarto do casal.

Vocês precisam de privacidade, pelo menos um dia da semana aproveitem só vocês dois, para conversar, bater-papo, namorar.

Veja quem pode tomar conta do bebê para que isso seja possível, toda semana.

Deixe seu marido participar, por exemplo, se a chupeta do bebê cair (mesmo que você esteja perto) deixe que seu marido pegue, e se ele pegar do chão e colocar direto na boca do bebê sem lavar, não brigue com ele, não naquele momento, espere até a hora certa e diga que não deve fazer isso.

Se você achar que faz tudo melhor que ele tem grandes chances de ficar sozinha, por tanto controle-se.

Olhe para ele e veja que ele pode sim ser um bom pai, não olhe como uma cadela vigilante que pensa que a cria é só dela.

As crianças aprendem desde muito pequenas, por isso, mostre para elas que é importante para os pais ter um momento de intimidade, sozinhos. Que assim como ela tem suas necessidades, de comer, beber, dormir, brincar, vocês pais tem as suas, de ficar a sós, namorar. E que isso precisa ser respeitado.

Então tem hora pra tudo, hora de dormir enquanto o papai e a mamãe namoram em prol da família.

Quanto aos pensamentos e preocupações em relação aos filhos, procure fazer os seguintes exercícios:

Cada um tem seus problemas, os filhos também, então não absorva os problemas dos seus filhos, isso não vai adiantar.

Os filhos precisam saber que podem contar com vocês, mas não podem pensar que dependem emocionalmente de vocês.

Então esposas queridas não permitam que o namoro no casamento envelheça e nem morra. Renove a cada dia, e cuide por que casamento seja eterno, feliz pra sempre, existe. Mas só se tiver uma base de sustentação bem sólida, o amor.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s