Como salvar meu casamento e reapaixonar meu marido?

Queridas há algumas semanas tive a honra de participar do Programa da Cinthia na Rádio Capital AM 1040, onde aconselhei uma ouvinte que pediu minha ajuda para salvar seu casamento e reapaixonar seu marido.
Ela contou a seguinte história:

“Estou casada há dois anos, e grávida de 6 meses. Meu casamento estava passando por um momento de crise quando engravidei, e notei que meu marido ficou assustado com isso. Ele que vivia pedindo um filho, nesse momento em que soube que eu estava grávida ficou meio contra. A gravidez foi evoluindo e eu me senti ainda mais apaixonada por ele, parecia que estava tudo bem entre a gente, mas ai ele veio e me disse que não estamos bem há alguns meses.
E depois disso nosso casamento só tem esfriado cada dia mais. Cheguei ao ponto de dizer a ele que não gostava mais dele, só pra ver o que ele ia fazer, se tomaria alguma atitude para mudar isso, mas eu que fui surpreendida pois ele me respondeu que já não gosta mais de mim, e não sabe se vale a pena continuarmos juntos.
Desde então tenho sofrido muito pois o amo e quero continuar casada. Amo nossa vida juntos, a nossa casa, o nosso bebê que esta a caminho. Mas ele ao contrário, esta irredutível, disse que vai embora, e eu acho até que ele tem outra.
Ele tem evitado chegar perto de mim, não me beija, não me abraça, e quando me toca é somente na barriga. Outro dia peguei ele criando um depoimento no facebook, tentei ver mas ele não deixou e acabamos brigando por isso. Mas depois ele me mandou um depoimento dizendo que aquilo era uma surpresa para mim mas eu e meu ciúmes acabou estragando. Mas eu tenho certeza que era para outra mulher, porque se fosse para mim ele iria ter me mostrado para evitar a briga. Mas ele jura que não tem ninguém, mas eu fico pensando: qual é o homem que assume?
Ele está cada dia mais distante e eu me sinto péssima, imaginei nosso casamento de outra forma, e imaginei a gravidez em outro momento também.
Mas ele ainda se preocupa comigo, quando vê que estou triste fica sempre me rodeando, por perto, me dá presentes caros. Mas não é isso que eu quero, quero amor, carinho e fidelidade.
Conversamos recentemente e ele me disse que não gosta de mim como antigamente, que tem dúvidas, mas que até o bebê nascer vamos continuar juntos, e depois ele decide.
Eu disse que quero continuar o casamento, pois casei para a vida toda, e ele disse que casou para ser feliz e a partir do momento que não está sendo feliz, prefere a separação.
Eu penso que casamento não é como um namoro que você termina e volta quando quer, há responsabilidades.
Eu o amo e quero reconquista-lo só não sei como. Me ajuda!”

Querida, se você ama esse homem e está disposta a lutar para ter esse amor de volta eu vou te ajudar!
O que eu percebo muito no seu caso e em muitos outros, é que nós mulheres deixamos o casamento de lado, não somos como nossas avós, nossas mães, que valorizavam o casamento como um bem precioso, a gente deixa muitas vezes de prestar atenção naquilo que importa para nossos maridos e até para nós mesmas, e gastamos essa energia em outras coisas. E isso acaba afastando o marido, fazendo ele perder a paixão que sente pela gente, e muitas vezes até procurando na rua aquilo que falta dentro de casa.

E ao invés de culpar o marido, colocar nele toda responsabilidade sobre o fracasso na relação, vamos refletir: será que nossas atitudes não tem contribuído? Como eu tenho recebido esse marido? Sou a mesma de antes? Será que estou agindo da mesma maneira que agia quando a gente namorava?

Temos um coração enorme e nele cabe um monte de paixões, não só o marido. Muitas vezes quando casamos deixamos de ter outra atividade, de fazer outras coisas que amamos e acabamos despejando todo esse amor, essa energia em cima do marido, ai ficamos com aquele ciúmes possessivo. Olhando o celular do marido, o facebook, o whatsapp, enquanto ela poderia estar usando esse tempo para outra coisa, para se distrair, e até mesmo para ter assunto com esse marido.

Receber esse marido sem despejar nele uma série de problemas, os assuntos da casa, para que o marido veja em você uma companheira, amiga, alguém que ele aprecie ter ao lado, com uma boa conversa, com momentos agradáveis.

Então comece a proporcionar momentos agradáveis ao lado desse marido, mesmo que no começo ele não demonstre tanta animação não desista, pois você está tentando reapaixona-lo e isso nunca é fácil. Tenha paciência, persista, pois a recompensa será o amor desse homem.

Boa sorte querida!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s