Por que tantas mulheres apanham caladas?

Respondendo a pergunta de uma de nossas seguidoras: Por que tantas mulheres que sofrem agressão, continuam com seus maridos agressores?

Essa é uma pergunta difícil de responder, mas vou expor aqui minha opinião.

É difícil saber o que cada uma pensa ou sente, porém muitas mulheres carregam consigo uma cultura machista. Onde as mulheres eram submetidas a diversas situações para conviver com seus maridos.

Os tempos mudaram, porém muita gente vive da mesma forma. O que muitas vezes acontece é a mulher se sentir tão envergonhada com a situação, a ponto de não ter coragem de falar para o mundo o que esta acontecendo.

Hoje, existem leis que protegem a mulher, como a Lei Maria da Penha. Contudo, a maior dificuldade está na mulher aceitar que precisa enfrentar essa situação, contar para as pessoas.

Mas existem sempre os dois lados da moeda, as duas versões. Onde muitas mulheres agridem seus maridos, seja verbalmente, fisicamente, e até emocionalmente, ao ponto deles perderem o equilíbrio. Precisamos avaliar como agimos com nossos companheiros.

O respeito é a base do relacionamento, uma relação sem respeito não caminha bem. Eu respeito para ser respeitada!

Algumas mulheres são apaixonadas por homens muito agressivos, mas, não percebem que estão dando toda essa paixão para ele e deixando de lado seus sentimentos, sua autoestima. No nosso coração cabem muitas paixões, mas em primeiro lugar temos que amar a nós mesmos.

Que tal se perguntar: Eu mereço isso? O que eu ando colhendo de tudo que eu tenho plantado? Será que eu quero continuar vivendo assim? Será que eu consigo enfrentar isso sozinha? Ou eu preciso de um psicólogo para me ajudar a ter coragem?

Depois de encontrar as respostas dessas perguntas, você vai perceber que tem coragem para enfrentar tudo isso. E que merece ser feliz, que merece toda essa paixão. E que a melhor pessoa para se apaixonar por você, é você mesma.

Você continua com vontade de se sentir bonita? Ou você perdeu a vontade, e se sente feia, pouco desejada? Essa é uma boa oportunidade de refletir e entender se é possível fazer tudo isso sozinha, conversando com o marido, mudando também o próprio comportamento e querendo ser feliz de verdade, ou ir atrás de alguém que possa te ajudar, um bom psicólogo, um amigo, alguém da família, que te ajude a encontrar o melhor caminho.

Outra coisa é como anda sua autoestima? Provavelmente muito baixa, se sentindo feia, indesejada, com medo de perder o marido e ficar sozinha. E ter que recomeçar, enfim, eu torço para que seu marido mude de comportamento, e que vocês consigam a partir de então encontrar o respeito que é o que todo casal procura e precisa para ser feliz para sempre!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s